Steins;Gate 0 – 11

Chegamos mais ou menos na metade do anime, e o episódio não foi tanto como eu esperava, e no geral foi até um pouco rushado ao meu ver, mas conseguiram um outro bom episódio desenvolvendo a Maho e alguns pontos importantes na história.

Logo de início Maho e Okabe vão ao esconderijo de Daru, porém eles não sabiam que era do Daru, eles estavam atrás do DaSH, a pessoa à qual Maho deu o notebook da Kurisu, mas sem ela saber, essa pessoa era o Daru mesmo, então eles se encontram e ficam sabendo desse trabalho meio que ilegal dele.

E um detalhe legal mas estranho, o esconderijo do Daru é dentro de uma espécie de loja de roupas, e o lugar parece ter sido feito especialmente para que esse esconderijo exista, já que as câmeras da loja estão conectadas ao visor na sala dele, então ele sempre sabe quem está vindo ou por perto.

Eles acabam tendo uma pequena discussão, mas para poderem decidir o que fazer com o notebook, Okabe teve que contar tudo o que aconteceu para Maho, que acabou acreditando bem rápido, mas claro, ela pensa na hipótese de usar a maquina do tempo para voltar e salvar Kurisu, ele já havia tentado isso várias vezes, ele adverte ela que fazer isso é uma escolha arriscada, e o melhor seria destruir o notebook para que todos seus dados sejam apagados. Depois de um tempinho de conversa e discussão que conseguiram expressar bem os sentimentos confusos da Maho, eles decidem destruir o objeto.

Mas claro, estamos falando sobre Steins;Gate, não seria tão fácil apenas destruir o notebook, Daru vê pelo visor, que o mesmo grupo que atacou o laboratório estava ali do lado de fora, então eles precisaram fugir por uma janela que tinha ali mesmo no quarto.

E de novo, é Steins;Gate. Eles acabam parando em uma ruazinha sem saída, péssimas noticias porque o grupo inimigo estava justo atrás deles, eles saltam e um deles, que aparentava ser o líder, pega Maho por trás e coloca uma pequena faca perto de seu pescoço, ameaçando corta-la a qualquer momento, não era nem necessário que eles falassem algo, Okabe sabia exatamente o que eles queriam, o notebook de Kurisu, além disso, atrás dele e Daru, estavam outros membros com a mesma roupa de motoqueiro com armas apontadas, então fugir não era uma opção.

Okabe acaba cedendo aos poucos e negocia trocar o notebook pela Maho, e dar a senha do mesmo se a segurança dos três for garantida, é quando aparece pela única entrada do beco aonde estavam, uma van, da onde são efetuados disparos em direção à todos, Okabe se joga no chão com Maho para que nenhum tiro atinja eles, e Daru faz o mesmo enquanto grita. O objetivo era claro também, impedir que o grupo conseguisse o notebook, porque? O pessoal que estava na van eram de alguma organização russa, rival de Estados Unidos na corrida pelas máquinas do tempo. Eles conseguem destruir o objeto e ferir alguns membros, então da mesma forma que apareceram, eles somem.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Acho que o que mais me incomodou no episódio foi que as coisas aconteceram bem rápido, sem tanta aprofundação, não joguei a VN para saber se lá é assim também, mas enfim, o problema parecia estar resolvido, notebook destruído e o pessoal seguro.

O resto do episódio é para focar na Maho e sua parte mais emocional. Depois do incidente Okabe leva ela para o laboratório, aonde ela começa a chorar por não ter conseguido proteger o único que sobrava de Kurisu, o único objeto que pertencia à ela que Maho poderia ter para lembrar-se de sua kouhai, ela chora por não ter podido proteger seu legado.

Depois, Okabe leva ela até o apartamento de Fairis, lá ele confirma que Moeka, os Rounders e a SERN não tem nenhuma relação com o que está acontecendo, isso apenas olhando as condições fisícas de Moeka. Ele pensa então, que a organização que atacou eles primeiro, ou é DURPA ou Stratfor, eu não lembro muito bem se já mencionaram essa Stratfor antes, mas acho um ponto válido de se lembrar.

O episódio chegando ao fim, tem uma cena bem agradável entre Maho e Okabe, e um pouco fofa até, já que é uma das raras vezes que Maho é bem sincera, ela conta de forma mais emocional, o que significava para ela levar e proteger esse legado da Kurisu para frente, e também, o quão frustada ela se sentia por isso, a cena bem bonita termina com ela chorando em sua cama com uma bela trilha sonora.

Este slideshow necessita de JavaScript.

E para fechar, Leskinen, Maho e a outra cientista amiga deles, voltam para a América, todos se reúnem no aeroporto para se despedirem, e de novo apontam Yuki como possível membra de qual quer que seja a organização que está atacando eles, pois ela aparece com sua mão enfaixada e diz que foi por causa de um corte. Bom, com o pessoal da Universidade Viktor Chondria indo embora, Okabe teria que dizer adeus à Amadeus, e acabou sendo mais simples do que eu esperava, ele não se prendeu tanto à IA depois do que aconteceu no episódio 8, mostrando sim uma evolução no personagem.

Ele também se despede de Maho, mas não acho que ela e os outros não apareçam mais no anime, então o episódio termina assim, um final bem.. calmo, mais do que eu esperava, mas que deixou alguns pontos que ainda dá para teorizar o que pode acontecer a seguir.

Eu esqueci de comentar no post anterior, que no final do episódio 9, Leskinen ligava para Maho e perguntava de maneira meio indireta, se ela tinha alguma pesquisa, ou coisa que sobrou da Kurisu, e ela escondeu o fato de que tenha o notebook. Para mim o mais estranho é o fato dele pedir uma coisa dessas, eu sempre suspeitei do Leskinen, e to achando que ele pode ser uma pessoa bem diferente do que vimos até agora.

Além disso algo que eu não consigo compreender, pelo que foi indicado até agora, a Yuki seria dessa organização que está atormentando Okabe e os outros, mas não faria sentido ela ser inimiga deles se no futuro ela é a esposa de Daru e mãe de Suzuha. Para a segunda metade do anime espero que continuem no bom ritmo que o anime vem tendo, e provavelmente devem usar mais a partir de agora os outros personagens que foram deixados meio de lado, Kagari, Mayuri, Katsumi e Judy (que aliás, também teve uma insinuação que era fosse da mesma organização que Yuki, e se for mesmo, Leskinen também seria parte disso, olha aí eu teorizando tudo)

Saudades da Mayuri mais animada com seus tuturu

Preocupante essa fala da Suzuha também, a Terceira Guerra Mundial ainda não foi impedida, até porque se tivesse, ocorreria alguma mudança nas linhas de mundo, e nesse episódio não aconteceu nenhuma.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.